NOTÍCIAS
.


 

Sindicato comemora 50 anos

e realiza baile para a categoria

 

 

Sindicato dos Trabalhadores da Construção e do Mobiliário

foi fundado em 23 de novembro de 1958

 

 

Jaraguá do Sul – Um almoço de confraternização, neste domingo (dia 23 de novembro), na Recreativa da Marisol, marca os 50 anos de vida do Siticom (Sindicato dos Trabalhadores da Construção e do Mobiliário de Jaraguá do sul e Região) e a série de atividades comemorativas ao cinqüentenário do Sindicato, que começaram no início deste ano e encerram no próximo sábado, dia 29 de novembro, com um baile na Sociedade Botafogo, com entrada franca para todos os trabalhadores da categoria. Os convites estão sendo entregues no local de trabalho e o baile será animado pela Banda Samuray.

As comemorações pelo cinqüentenário do Siticom começaram com uma campanha de sindicalização por tempo indeterminado, sorteio de brindes, confecção de selo comemorativo e ainda de um DVD institucional, que conta toda a história do Sindicato, desde a sua fundação aos dias atuais. O almoço e o baile fecham as atividades relativas aos 50 anos do Sindicato promovidas pela própria entidade. No dia 24 de novembro, o Siticom será homenageado na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, em sessão realizada às 15 horas, por indicação do vereador Terrys da Silva.

 

Um pouco da história

Trata-se de uma das primeiras agremiações de trabalhadores fundadas na microrregião. São 50 anos de atividades sem fechar as portas para o trabalhador, enfrentando ditaduras, perseguições e toda a sorte de dificuldades, minimizadas pela união dos trabalhadores e a certeza de que sozinho, nada se conquista. O Siticom foi fundado no dia 23 de novembro de 1958, com o nome de Associação Profissional dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliário de Jaraguá do Sul, Guaramirim e Corupá. O primeiro presidente foi Carlos Guilherme Kampke, seguido de Alfredo Kamchen e Ewaldo Petry, sendo na gestão deste último a construção e inauguração da atual sede, em 1973, na rua Epitácio Pessoa, construída pelos próprios trabalhadores em terreno doado pela Prefeitura, na época.

A participação do Siticom na construção da cidadania e conscientização política da classe trabalhadora é um dos principais resultados da luta sindical. Embora até hoje a categoria do mobiliário e construção seja a mais explorada, o presidente Riolando Petry destaca o avanço do movimento sindical e a construção da unidade entre os trabalhadores. "Atualmente, o trabalhador também se vê como cidadão e briga por seus direitos, que vão desde a melhoria do salário até a implantação de políticas públicas que atendam às necessidades do povo", define Petry.

 
       
 

 

 

<   Desenvolvido por INFORMA Editora Jornalística   >